Saiba quem foi Fego Camargo que dá nome à escola da cidade

Segesfredo Camargo nasceu em 16 de março de 1888. 

 

Família

Seu pai, Francisco Camargo, era maestro da Corporação Musical João do Carmo. E seus irmãos Arthur, Pedro e Waldomiro tocavam com ele em bailes e festas da cidade.

 

O início

Começou a carreira tocando trompete. A paixão por violino, instrumento que aprendeu a tocar sozinho, surgiu quando fazia parte de uma Orquestra de Santos.

 

Pai da Hebe

Foi casado com  Esther Magalhães com quem teve seis filhos: Fêgo, Estela, Maria Aparecida, Paulo, Lourdes e, a mais famosa, Hebe Camargo, nascida em 1929.

Imagem: Mistau

Imagem: Mistau

Curiosidades

Era um compositor eclético escreveu valsas, chorinhos, hinos e até músicas carnavalescas.

Na década de 20 nas Orquestras do Cine Odeon e do Cine Teatro Polytheama (hoje Teatro Metrópole) musicou filmes mudos.

Em 1929 com o advento do cinema falado, passa a lecionar na Escola Normal Livre de Taubaté.

No ano de 1932, com a Revolução Constitucionalista, é incorporado ao exército paulista para tocar baixo-tuba na banda militar.

Em 1943 mudou-se com a família para São Paulo para trabalhar na Orquestra da Rádio Difusora de São Paulo, onde ficou até aposentar-se em 1952.

Em novembro de 1971 é aprovado decreto municipal que denomina de “Maestro Fêgo Camargo” a escola de artes da cidade.

 

Conteúdo publicado originalmente na Revista Almanaque Taubaté #2

 

Acompanhe o Almanaque Urupês também na nossa página do facebook e twitter

Comments

Deixe uma resposta